Diogo quer apagar o passado

Diogo, de 23 anos, foi apresentado no Corinthians falando pouco, sem querer comentar quais motivos o fizeram trocar o Sport, que vai disputar a Libertadores de 2009, pelo Corinthians. "Tive alguns problemas particulares lá e vi que era hora de eu sair", limitou-se a dizer o jogador.Nem com muita insistência foi possível encontrar a resposta. "Não tive problemas com o nelsinho (Baptista, técnico do Rubro Negro). E agora é só olhar para a frente, só agradecer ao Sport."O Estado esteve no Recife na semana passada e lá colheu algumas informações a respeito do polivalente jogador, que pode atuar como ala pela direita, volante ou meia. O grande problema do jogador está ligado às noites. Diogo adorava as baladas no Recife e chegava sem disposição aos treinos, o que causou mau estar entre ele e Nelsinho."Ele tem tudo para ser um craque, joga demais. Sempre disse para ele se dedicar, esquecer da farra. Agora, será vida nova", garantiu uma pessoa próxima. "Será um recomeço para mim", afirmou Diogo, ainda assustado com a imprensa paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.