Diogo, reforço da Portuguesa no Engenhão

Atacante é arma do técnico Benazzi na partida contra o Botafogo

Giulander Carpes, O Estadao de S.Paulo

23 Abril 2008 | 00h00

A Portuguesa pode alcançar um resultado histórico hoje, às 17h30, no Estádio do Engenhão, contra o Botafogo. Se vencer ou obter um empate a partir de 2 a 2, a equipe do Canindé se classifica pela primeira vez para as quartas-de-final da Copa do Brasil - no jogo de ida, igualdade por 1 a 1. Apesar de ser uma partida difícil, contra o atual campeão da Taça Rio, o técnico Vagner Benazzi tem um bom motivo para acreditar na classificação: o atacante Diogo, recuperado de lesão, está pronto para começar entre os titulares.''Já estou recuperado e sem dor, só falta um pouco de ritmo de jogo'', disse Diogo. O jogador foi o destaque do time na temporada passada, quando anotou 27 gols (18 na Série B e 9 na Série A2 do Paulista). Porém, na primeira partida do Paulista deste ano, contra o Santos, em 16 de janeiro, Diogo quebrou o pé direito e ficou afastado até a primeira partida com o Botafogo, na semana passada, quando entrou no segundo tempo.O grande sonho de Diogo, 20 anos, é atuar bem e garantir uma vaga na seleção brasileira que vai à Olimpíada de Pequim. ''Acho que tenho condições de ser convocado porque tem muito tempo ainda até a Olimpíada'', afirmou Diogo.O Botafogo joga embalado pelo título ganho domingo, em cima do Fluminense. Sem Castillo e Triguinho, machucados, Cuca escalou Renan no gol e improvisou Leandro Guerreiro na lateral-esquerda. ''Se tiver que dar bronca, vou dar'', declarou o goleiro de apenas 18 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.