Diretoria quer reunião com Ronaldo no meio do ano para ampliar contrato

Ronaldo assinou com o Corinthians até dezembro deste ano. Com prioridade de renovação por mais uma temporada. Em três jogos, o Fenômeno marcou dois gols, virou notícia no mundo todo, e a diretoria corintiana vai antecipar a conversa para a ampliação do contrato. "Ainda é cedo, deixa ele jogar mais um pouco, mas daqui no máximo três meses vamos conversar sobre o assunto", não esconde o presidente Andrés Sanchez.O dirigente ficou feliz em ver seu jogador dizer, em entrevista ao Caldeirão do Huck, que não pretende mais defender clubes da Europa após 15 anos jogando na Holanda (PSV), Espanha (Barcelona e Real Madrid) e Itália (Internazionale e Milan).Mesmo assim não pretende correr riscos. Seu Nélio, pai do jogador, vive pedindo ao filho que, antes de pendurar as chuteiras, jogue no seu time de coração, o Flamengo. Ronaldo treinou ano passado na Gávea, mas não recebeu convite dos dirigentes e veio ao Corinthians."Estou muito feliz no Corinthians, o projeto é muito bom", enfatiza, sempre que pode, o atacante. "Espero marcar muitos gols aqui e ganhar títulos", observa.O sedutor projeto corintiano passa por ganhar a Copa do Brasil ou chegar entre os melhores do Brasileiro, o que garantiria uma vaga na Taça Libertadores, sonho de consumo dos alvinegros e competição ainda não disputada pelo Fenômeno.Poupado do jogo de ontem, no ABC, Ronaldo teve o domingo e hoje de folga para curtir os familiares. Amanhã, se reapresenta com o elenco e já ciente de que será a grande esperança de gols para o clássico com o Santos, domingo. NÚMEROS FENOMENAISR$ 550 mil ganha Ronaldo no Corinthians2 gols ele fez em três jogos, contra Palmeiras e São Caetano136 minutos o jogador atuou, 27 contra o Itumbiara, 31 no clássico e 78 diante do Azulão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.