Diretoria sonha com volta da Fiel

O primeiro semestre do Corinthians foi marcado por futebol eficiente, conquista de títulos e bom público nos jogos. No Pacaembu, a presença era de no mínimo 30 mil pagantes por jogo. Mas a venda de alguns titulares, a queda de rendimento no Brasileiro e a ausência de Ronaldo fizeram a média de público em casa despencar - hoje está em 18.151.Amanhã, os dirigentes divulgarão como será a venda de bilhetes para o segundo turno. Devem fazer um apelo maior para os torcedores retornarem ao estádio e podem usar Ronaldo como garoto-propaganda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.