Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Dirigente revela caso de doping no atletismo jamaicano

Pessoas próximas ao escândalo garantem que o atleta envolvido não é Asafa Powell nem Usain Bolt

EFE,

28 de julho de 2008 | 15h18

A Associação Olímpica da Jamaica anunciou nesta segunda-feira um caso positivo em um exame antidoping realizado no campeonato nacional realizado no final de junho, mas não citou o nome do atleta.No entanto, fontes próximas ao caso garantiram que não se trata do recordista mundial dos 100 metros, Usain Bolt, nem do velocista Asafa Powell.Mike Fennell, presidente da entidade, disse que o doping foi detectado no Campeonato Nacional Jamaicano, realizado entre os dias 27 e 29 de junho.O cartola afirmou que só revelará o nome do atleta pego no exame quando receber o relatório da Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf).Segundo as normas da Iaaf, os atletas flagrados têm duas semanas para solicitar a contraprova. Se o resultado se repetir, o corredor pega uma punição de até dois anos.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismodoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.