Dirigente russo elogia "cortes" do COI

Leonid Tiagachov, presidente do Comitê Olímpico da Rússia, considerou ?objetivos os cortes? feitos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), que eliminou Rio de Janeiro, Havana, Leipzig e Istambul da disputa para ser sede dos Jogos Olímpicos de 2012. ?Considerando os aspectos exclusivamente esportivos estas cidades eliminadas não podem competir com Moscou, Nova York, Paris, Londres e Madri?, afirmou o dirigente. O fato de Moscou ter ficado com a menor nota entre as cinco ?cidades-candidatas? - 6,5 contra 8,5 da favorita Paris - não desanima Tiagachov. ?Este é mais um motivo para realizarmos um grande trabalho. Respeito todas as candidatas, mas acho que o nosso maior adversário somos nós mesmos.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.