Dirigente ucraniano mostra otimismo sobre Eurocopa

O presidente da Federação de Futebol da Ucrânia, Grigoriy Surkis, afirmou nesta quinta-feira que o país continua otimista sobre suas chances de receber a Eurocopa de 2012, ao lado da Polônia. A Uefa, entidade máxima do futebol europeu, estuda mudar o local do evento, devido a falhas na preparação."Estou absolutamente certo de que tudo estará de acordo para que Polônia e Ucrânia organizem a competição", disse o dirigente. Na sexta-feira, durante a reunião de seu comitê executivo, a Uefa mostrará um relatório sobre o andamento das obras para a Eurocopa. A manutenção dos dois países do leste europeu depende de uma boa avaliação da entidade."Tenho certeza de que este relatório será favorável para Ucrânia e Polônia", afirmou Surkis.Em março deste ano, o francês Michael Platini, presidente da Uefa, visitou os países e não gostou do que viu. Atrasos nas obras de infra-estrutura e no planejamento foram os principais problemas observados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.