Dívida cai um pouco e corintianos festejam

O volante Carlão vai defender o Sochaux, da França. A confirmação da negociação veio ontem. O Corinthians lucrará cerca de R$ 2 milhões com a venda e comemora. Após nove meses da atual direção, o clube, enfim, fechará suas dívidas abaixo dos R$ 100 milhões. No balanço que será divulgado na próxima semana, os valores bateram perto dos R$ 97 milhões, R$ 4 milhões abaixo do anunciado anteriormente, com as contas até o mês de maio."A venda do Carlão vai ajudar a baixar ainda mais as contas, pois esses valores não estão incluídos no novo balanço", festeja Raul Corrêa da Silva, vice-presidente financeiro do Corinthians. "Estamos dentro do planejado. Primeiro, queríamos frear o aumento das contas e conseguimos", recorda. "Agora, estamos conseguindo diminuí-las."Ao assumir o clube, em outubro, o presidente Andrés Sanchez ficou impressionado com a dívida: R$ 101,8 milhões, sem contar as ações trabalhistas. Mesmo com a amortização, os números ainda impressionam. Mas com ações de marketing e vendas de atletas o clube espera chegar ao fim do ano com queda brusca no déficit.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.