Chris Young/AP
Chris Young/AP

Dixon vence de novo na Indy e fatura US$ 100 mil

Helio Castroneves segue na liderança da classificação geral

AE, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 19h22

TORONTO - O australiano Scott Dixon é o primeiro piloto a receber o novo bônus da Fórmula Indy, implantado para esta temporada. Ele venceu neste domingo a segunda prova da etapa de Toronto e, por conta disso, faturou os US$ 100 mil (R$ 226 mil) reservados a quem vencesse duas corridas seguidas dentre aquelas que acontecem em dobradinha no mesmo fim de semana, em Detroit, Toronto e Houston.

Assim como foi no sábado, Dixon também teve ampla vantagem para cruzar a linha de chegada em primeiro em Toronto. Ele foi seguido por Helio Castroneves, que segue na liderança geral da Indy a seis provas do fim da temporada.

O australiano de 32 anos chegou à sua 32ª vitória, aparecendo agora como o sétimo que mais venceu na história da categoria. Nesta temporada, ele já havia vencido as duas últimas provas, em Pocono, no fim de semana passado, e na primeira corrida de Toronto, no sábado.

Com essa sequência, assumiu a vice-liderança geral da Indy, a 29 pontos do líder Helinho. Até oito dias atrás, Dixon era apenas o quinto na classificação geral. Já o brasileiro viu a vantagem que tinha de 39 pontos - sobre Ryan Hunter-Reay - diminuir. E, para piorar a situação de Castroneves, o australiano ganhou a etapa de Ohio, a próxima do calendário, nas últimas duas provas realizadas lá.

Na prova deste domingo, Sebastien Bourdais, que havia sido segundo no sábado, terminou em terceiro. Na sequência cruzaram Dario Franchitti e E.J. Viso. Tony Kanaan bateu na 35ª volta e não completou a prova. Ryan Hunter-Reay foi apenas o 19º, uma posição abaixo de Will Power.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula IndyScott Dixon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.