Djokovic joga no Rio contra o ídolo Guga

Número um do mundo vai encarar o tricampeão de Roland Garros em um jogo de exibição no Maracanãzinho

RIO , O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2012 | 02h04

Novak Djokovic, o número um do mundo, chegou ontem ao Rio de Janeiro para enfrentar hoje Gustavo Kuerten em um jogo de exibição no Maracanãzinho, às 18h30. O sérvio revelou ser um grande fã do brasileiro.

"A minha lembrança especial foi quando você desenhou um coração na quadra de Roland Garros", disse o sérvio para Guga. Djokovic nunca venceu o torneio francês - é o único título de Grand Slam que ele não tem no currículo.

"Você me inspirou muito com aquele gesto. Eu comecei a chorar. Não acreditei que fosse jogar contra você. Meu desejo tornou-se realidade."

Aos 36 anos, Guga foi sincero sobre suas chances de vencer um jogador que, aos 25, está no auge da forma física. "Se o Federer, o Murray e o Nadal não conseguem, como é que eu vou conseguir?", perguntou, aos risos.

Depois da entrevista coletiva, os dois foram à inauguração da primeira quadra pública de saibro do Rio, na favela da Rocinha. Amanhã eles participarão de um jogo festivo de futebol antes de Fluminense e Cruzeiro no Engenhão.

Davis. Terminou empatado o primeiro dia da final entre República Checa e Espanha em Praga. David Ferrer bateu Radek Stepanek por 3 a 0 e Tomas Berdych fez 3 a 2 em Nicolás Almagro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.