Djokovic pode superar Nadal já em Roma

ROMA

, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2011 | 00h00

Se enfrentar Rafael Nadal no Masters de Roma, Thomaz Bellucci certamente terá um torcedor muito especial nos bastidores: o atual número 2 do ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), Novak Djokovic. Com a vitória no Masters de Madri, o sérvio entrou definitivamente da briga pela primeira posição no ranking, ameaçando o espanhol que mantém uma hegemonia iniciada em junho do ano passado.

O posto de primeiro do mundo pode mudar já no Masters de Roma. Para isso, Djokovic, que ganhou todos os 32 jogos que disputou em 2011, precisa vencer o torneio e torcer para que Nadal não passe das semifinais. Se conseguir, ficará bem perto do feito do americano John McEnroe, que ganhou suas primeiras 42 partidas em 1984. Caso contrário, deverá ter nova chance de ser o primeiro com um bom desempenho em Roland Garros.

"Se continuo ganhando, vou chegar perto (da liderança do ranking), mas procuro não pensar muito nisso", diz Djokovic. "Tem sido um início perfeito ganhar os dois primeiros torneios... devo continuar concentrado no que vem adiante", diz o sérvio.

O tenista diz que seu objetivo nos próximos confrontos é manter a consistência para continuar no mesmo nível de Nadal e outros jogadores de ponta .

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.