Djokovic supera Federer e conquista 3º título em Dubai

Em ótima fase, sérvio precisou de apenas 71 minutos para vencer o número 2 do mundo por 2 sets a 0

, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2011 | 00h00

Um mês depois de derrotar Roger Federer na semifinal do Aberto da Austrália, Novak Djokovic voltou a vencer o suíço, número 2 do mundo. Desta vez, a vitória por 2 sets a 0 (6/3 e 6/3) teve um sabor ainda melhor: rendeu ao sérvio a taça do ATP 500 em Dubai, nos Emirados Árabes.

O título - terceiro consecutivo em Dubai - vem selar a ótima fase do sérvio, número três do mundo. Djokovic está invicto desde dezembro e soma 14 jogos sem perder.

E ele está reduzindo a vantagem de Federer no confronto entre ambos. Dos 21 duelos, o suíço levou a melhor em 13. Em Dubai, o sérvio dominou a partida desde o começo, quebrando o serviço do rival no terceiro game.

Djokovic demonstrou tranquilidade e segurança o tempo todo - foram apenas 71 minutos de jogo e 82% de aproveitamento do primeiro saque. Para fechar o primeiro set, forçou um erro de voleio de Federer com um backhand: 6/3.

Com Federer começando melhor o segundo set, o sérvio teve de se esforçar mais. O suíço conseguiu quebrar o serviço de Djokovic no terceiro game, também com um erro de backhand. Mas o tricampeão do torneio de Dubai reverteu o quadro. Federer errou muitos golpes na esquerda e, depois de duas quebras de saque, deu adeus ao título.

Satisfeito, Djokovic declarou que a partida foi perfeita. "Eu estava no auge do meu jogo", disse. "Me preparei bem, vim trabalhando o meu saque. Há seis meses ele não era assim."

Federer, que não havia perdido um só set antes da decisão do título, admitiu ter começado mal e elogiou seu oponente, que, segundo ele, "está jogando muito bem". "Eu estou precisando praticar mais", disse. Mas, por enquanto, vai descansar uns dias antes de viajar para os Estados Unidos para disputar o Torneio de Indian Wells, que começa em 7 de março.

Ranking. Apesar da derrota, Roger Federer continua sendo o número 2 do mundo, mantendo-se uma posição à frente de Djokovic. O ranking da ATP é liderado pelo espanhol Rafael Nadal, que se recupera de contusão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.