Do lado oposto, Arouca festeja volta do bom futebol

Volante, que teve atuação apagada pelo São Paulo em 2009, chegou sob desconfiança à Vila, mas faz sucesso com a torcida

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

ESPECIAL PARA O ESTADO / SANTOS

Quando Arouca chegou à Vila Belmiro, no começo do ano, trocado por empréstimo por Rodrigo Souto, parte da torcida protestou por entender que mais uma vez o São Paulo tinha passado a perna no Santos. Depois de 14 jogos, o volante de 23 anos é unanimidade entre os santistas, que pedem a sua contratação em definitivo no final do ano.

Mas, por enquanto, Arouca não faz planos. Ele prefere se concentrar nos dois jogos contra o seu ex-clube pelas semifinais do Campeonato Paulista. "O que tem ajudado bastante no meu desempenho em campo é não pensar no contrato que eu tenho com o São Paulo"", disse o volante. " Vim para o Santos para reencontrar o meu espaço e estou feliz. O melhor é deixar esse assunto para ser resolvido no fim do ano por quem decide. E espero que possam ver com bons olhos a minha situação.""

Apesar da diferença entre as campanhas dos dois times, Arouca não aponta o Santos como favorito. "As chances são iguais, 50% para cada lado. Não dá para programar vitória em clássico.""

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.