Do Santos, Muricy só sai sem multa se for para a seleção

Cláusula consta no novo contrato do treinador válido até dezembro de 2013

SANTOS, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2012 | 03h08

Muricy Ramalho não terá de pagar multa ao Santos se deixar o clube para dirigir a seleção brasileira. É o que consta do novo contrato com treinador, que vai até dezembro de 2013, assinado ontem pelo presidente Luis Alvaro de Oliveira Filho e pelo vice Odílio Rodrigues - o técnico havia rescindido o anterior, que iria até dezembro deste ano, e assinado o novo documento na última quarta-feira.

Ontem, o Santos entrou com o pedido na Fifa de liberação de Patrício Rodriguez. O jogador foi contratado do Independiente, que se nega a assinar a sua liberação. / SANCHES FILHO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.