Divulgação
Divulgação

Doda fica longe do pódio em prova de 1 milhão de reais

Com AD Rahmannshof's Bogeno, brasileiro cometeu duas faltas no primeiro circuito e terminou em 25º lugar

AE, Agência Estado

30 de junho de 2013 | 15h48

AACHEN - Álvaro de Miranda Neto, o Doda, ficou longe do pódio no Grand Prix do Festival Mundial Equestre de Aachen (Holanda), uma das mais importantes e tradicionais competições de hipismo no mundo. O brasileiro, montando seu principal cavalo, AD Rahmannshof''s Bogeno, cometeu duas faltas na sua primeira apresentação, perdeu oito pontos, e nem pôde participar do segundo circuito, sendo eliminado na 25.ª posição.

O Grand Prix de Aachen encerra uma semana toda de provas preparatórias para a mais esperada delas. Neste domingo, a vitória foi do britânico Nick Skelton, que ganhou nada menos do que 330 mil euros, mais de R$ 1 milhão. Ao total, foi distribuído cerca de 1 milhão de euros de premiação entre os participantes.

Até o quarto colocado, todos receberam prêmios na casa de seis dígitos em euros. Doda, que é casado com a bilionária grega Athina Onassis, não recebeu prêmios em dinheiro no GP, uma vez que eles eram restritos aos 18 primeiros. Brasileira naturalizada portuguesa, Luciana Diniz ficou em 15º.

Tudo o que sabemos sobre:
hipismoDoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.