Doda usa torneio em SP para treinar

O cavaleiro Álvaro Affonso de Miranda Neto, conhecido como Doda, vai aproveitar o Visa Indoor, concurso internacional de saltos, de quinta a domingo, na Sociedade Hípica Paulista, para fazer mais testes com Audi San Diego, pensando na vaga para integrar a equipe brasileira no Mundial de Jerez de la Frontera, na Espanha, em setembro de 2002. Doda "aposentou" Aspen, por idade, após a conquista da medalha de bronze por equipe na Olimpíada de Sydney, em 2000, e trabalha para "formar conjunto" com a nova montaria, um cavalo alemão da raça hanoveriana de 10 anos. Acha que poderá investir em mais um ciclo olímpico, do Mundial até a Olimpíada de Atenas, em 2004.O Visa Indoor, marcado anteriormente para o fim de outubro e adiado por causa de um surto de gripe eqüina, é a última seletiva da América do Sul para a Copa do Mundo de Saltos, em maio de 2002, em Leipzig, na Alemanha. Além de Doda, terá cavaleiros de destaque, como os brasileiros André Johannpeter, Vítor Alves Teixeira, Rodrigo Sarmento, Cláudia Itajahi e Bernardo Resende Alves, os argentinos Matias Albarracin, Federico Castaing e Oscar Fuentes, e os chilenos Joaquin Larrain e Bernardo Naveillán.Os cavaleiros já disputaram seletivas em Porto Alegre, Buenos Aires (duas vezes), Belo Horizonte e Rio. Vítor e Rodrigo Sarmento são os favoritos para ficar com as vagas para a Copa do Mundo. O Grande Prêmio, que decidirá os finalistas, será domingo, às 16 horas. As provas terão início nesta quinta-feira, a partir das 9 horas, mas as principais competições do dia, das séries internacionais, serão às 15h30, com obstáculos a 1,35 metro, e às 20h30, com obstáculos a 1,45 m, ambas na pista indoor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.