Dois atletas são pegos no antidoping

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou ontem que dois participantes da primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, realizada em agosto, foram pegos no exame antidoping. Johnny Pilay, do Equador, e Nurbek Hakkulov, do Usbequistão, deram positivo para o diurético furosemida.

, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2010 | 00h00

Pilay, da luta olímpica, ficou em 5.º na categoria até 63 kg. Já Hakkulov perdeu a medalha de prata conquistada na categoria acima de 50 kg na luta greco-romana. Ambos foram suspensos por dois anos. O COI anunciou, também, que vai investigar os profissionais que trabalham com os dois atletas.

A entidade informou que foram realizados 1.231 testes (1.907 de urina e 134 de sangue) antes, durante e depois da Olimpíada, disputada em Cingapura. Cerca de 8 mil atletas participaram da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.