Paul J Richards/AFP
Paul J Richards/AFP

Dois jogadores cubanos de beisebol desertam em Porto Rico

Dainer Moreira, de 30 anos, e Vladimir Gutiérrez, de 19 anos e eleito o novato do ano da Liga Cubana, abandonaram a delegação do país

REUTERS

04 de fevereiro de 2015 | 16h35

Dois jogadores de beisebol de Cuba desertaram em Porto Rico, onde uma equipe do país está jogando na Série Caribe contra outros quatro times latino-americanos, disseram autoridades esportivas cubanas nesta quarta-feira.

Vladimir Gutiérrez, de 19 anos, eleito o novato do ano na liga cubana no ano passado, e Dainer Moreira, de 30 anos, deixaram a equipe após o jogo de terça-feira, em San Juan, segundo duas autoridades esportivas cubanas, que pediram anonimato porque não estão autorizadas a falar publicamente.O governo cubano não comenta sobre deserções.

A recente aproximação entre Cuba e Estados Unidos ainda não abriu o caminho para os melhores jogadores cubanos na Major League Baseball (MLS).

Mas, sob regulamentos novos publicados como parte da abertura a Cuba, equipes norte-americanas podem contratar mais facilmente jogadores cubanos, uma vez que eles fixem residência fora de Cuba.

Esses atletas estão geralmente livres para assinar com uma equipe e não precisam mais de autorização especial do Departamento do Tesouro dos EUA para jogar.

Tudo o que sabemos sobre:
beisebolCubadeserção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.