Dois vice-presidentes do Atlético-MG anunciam renúncia

Quatro dias depois da renúncia do presidente Ziza Valadares, dois outros membros da cúpula do Atlético Mineiro anunciaram seu desligamento do clube. Nesta segunda-feira, o vice-presidente Financeiro, Renato Salvador, e o vice-presidente Jurídico, Roberto Vasconcellos protocolaram seus pedidos de renúncia ao Conselho Deliberativo.Em carta publicada no site oficial do clube, Renato Salvador disse que decidiu renunciar porque teria de assumir a presidência, e não poderia fazê-lo. "Tendo em vista o momento pessoal e profissional que exige minha completa dedicação e atuação na condução dos negócios de minhas empresas me vejo impedido de assumir o cargo", disse.No documento, Salvador mostra-se contrário a uma eleição imediata no clube. "Um processo eleitoral no momento será desgastante e certamente gerará insegurança na Comissão Técnica, nos jogadores e demais funcionários", defende.Para o agora ex-dirigente, o momento deve ser de "transição equilibrada". Ele sugere que nenhum dos outros vice-presidentes assuma o cargo. "Sugiro que novas eleições sejam realizadas somente quinze dias após o encerramento do Campeonato Brasileiro, e que até esta data, o cargo seja exercido pelo Presidente do Conselho Deliberativo, João Baptista Ardizoni dos Reis."A saída dos dois vice-presidentes é mais um reflexo da crise em que o clube se encontra no ano de seu centenário. Depois de perder o título estadual para o Cruzeiro e ser eliminado pelo Botafogo na Copa do Brasil e na Sul-Americana, o clube ocupa uma modesta 12ª posição no Campeonato Brasileiro.Não bastassem os resultados ruins, o clube passa por problemas fora dos gramados. A renúncia de Ziza Valadares, por exemplo, aconteceu um dia depois de o Ministério Público de Minas Gerais ter anunciado que iria investigar as denúncias contra as parcerias do Atlético com clubes do interior do estado, além de outras negociações, que poderiam ter sido lesivas ao caixa do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.