Doping: levantamento de peso tem 11 casos

A Federação Internacional de Halterofilismo desqualificou e suspendeu por dois anos 11 atletas, cinco deles ganhadores de medalhas, com resultados positivos para esteróide anabolizante em controle antidoping feito durante o Mundial de Levantamento do Peso, em Vancouver (CAN), no ano passado. Os medalhistas são a chinesa Shang Shichun, tricampeã nos 75 quilos, o russo Vladislav Lukanin, prata nos 69 Kg, o armênio Gevorg Davtyan, prata nos 77 Kg, o ucraniano Artem Udachyn, prata na categoria mais de 105 Kg, e o bielorusso Henadzi Aliashchuk, bronze nos 62 Kgs. Todos perderam as medalhas e foram suspensos automaticamente. A entidade lamentou o aparecimento de um número tão elevado de casos de doping em um Mundial que era classificatório para os Jogos Olímpicos de Atenas - havia muito em jogo para correr tanto risco.O único caso que ainda não está solucionado é o de Shang Schichun, que bateu três recordes mundiais em Vancouver - a contraprova da amostra B de urina do atleta ainda será feita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.