Dorival atesta: Santos é o melhor do Brasil

SANTOS

Sanches Filho, Fábio Hecico, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2010 | 00h00

Dorival Júnior não tem mais dúvida: depois dos 6 a 2, na soma dos dois resultados contra o São Paulo, pelas semifinais do Campeonato Paulista, o Santos confirmou que joga o melhor futebol do Brasil, até mesmo quando altera a maneira de jogar, como ontem. André, o homem de referência do ataque, foi tirado do time para a entrada de um lateral e a montagem do meio de campo com três meias, saindo do 4-3-3 para o 4-4-2.

"Era o resultado que faltava para termos uma confiança maior"", afirmou o treinador. "Não tem como duvidar de um time que fez uma boa campanha na fase de classificação, ganhando a maioria dos jogos com autoridade. Procuramos a confirmação após a fase de classificação, na qual tivemos uma campanha brilhante, e estamos tendo o reconhecimento geral. Se vamos confirmar tudo com a conquista do título, só o tempo dirá.""

Dorival Júnior explicou ter optado pela entrada de Pará na direita para dar maior poder de marcação ao meio de campo, não deixando apenas Arouca à frente da defesa. "Com a mudança, melhoramos a nossa posse e o combate ao adversário na intermediária"", disse.

Em meio à alegria pela segunda vitória nas semifinais, Dorival Júnior adiantou que os jogadores que estiveram em campo ontem vão apenas treinar durante a semana e que ele vai escalar um time alternativo para enfrentar o Guarani, quarta-feira.

Como o Santos goleou por 8 a 1 no primeiro jogo, na Vila Belmiro, pode perder até por 6 a 0 no Brinco de Ouro para se classificar às quartas de final da Copa do Brasil.

Embora o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro já tenha decidido que o Santos vai decidir o título na capital, provavelmente no Pacaembu, Dorival Júnior disse é favorável à manutenção do mando para a Vila Belmiro. E vai tentar fazer o dirigente mudar de ideia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.