Dos brasileiros, só Liedson tem chance de sair jogando

O sotaque brasileiro da seleção portuguesa vai estar desfalcado hoje. Dos três jogadores "nascidos do outro lado do oceano", apenas o atacante Liedson deve jogar. São grandes as chances de iniciar a partida, mas, se isso não ocorrer, a tendência é de que entre no segundo tempo. O zagueiro e volante Pepe fica no banco e o meia Deco, ainda em recuperação de dores no quadril, está vetado.

, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2010 | 00h00

Liedson tem sido titular com frequência na seleção portuguesa. Ficou no banco contra a Coreia do Norte - entrou e fez um gol - e viu Hugo Almeida fazer boa apresentação. Mas é quase certo que retome a posição hoje, pois o técnico Carlos Queiroz, contra zagueiros fortes como são Lúcio e Juan, costuma preferir um jogador que se movimente mais na área do que um que joga fixo - caso de Almeida.

Pepe só deve entrar caso alguém do meio-campo português se machuque. Ele já superou a operação no joelho direito que o tirou dos gramados por seis meses, mas ainda está sem ritmo e não suporta atuar toda a partida. Além disso, o volante Pedro Mendes tem jogado muito bem e tornou-se dono da posição. A.L.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.