Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Douglas é de novo o dono da camisa 10 do Corinthians

Meia ganha a confiança de Tite, com aplicação e boas atuações, e exercerá novamente a função de cérebro da equipe

Fábio Hecico, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2012 | 03h07

Há tempos que o Corinthians 'guardava' a camisa 10 para um jogador diferenciado. Ela não vingou com Adriano e o clube tentou os argentinos Tevez e Montillo, em vão. Agora, depois de algumas decepções, a aposta é que Douglas, o último a vesti-la com sucesso, em 2009, a honre.

Amanhã, em Pituaçu, diante do Bahia, Douglas reestreia com o número que carregou por onde jogou e com o qual foi campeão da Copa do Brasil e do Paulista pelo Corinthians.

Com a 10 nas costas, tem o aval de Tite para ser o craque que tanta falta faz num elenco equilibrado. Após cumprir suspensão diante do Cruzeiro e ter sua escalação ameaçada por causa da boa apresentação diante dos mineiros, o meia já ouviu de Tite que tem a total confiança para ser seu cérebro em campo.

Mais magro - perdeu cerca de cinco quilos nas últimas semanas - Douglas comprometeu-se a ser profissional no clube e a jogar bola.

O fez com sucesso diante de Flamengo e Portuguesa, jogos em que deixou o gramado sob o rótulo de herói, com três gols anotados e uma bola no travessão da Lusa.

"Ele está confirmado. Fez dois grandes jogos e, por justiça, retorna ao time", adianta Tite, que sempre que pode, tem 'conversa de pé de ouvido' com o jogador. As recomendações: ajudar na marcação, mudar a imagem de preguiçoso e ficar ligado nos jogos, mesmo quando está no banco.

Douglas garantido, Chicão fora. O zagueiro está com um edema na coxa e não pega o Bahia. Edenilson vai operar o rosto e só volta em 30 dias. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.