Drama sem fim

A situação do Palmeiras se complicou ainda mais no Campeonato Brasileiro ao perder por 2 a 0 para o Corinthians, ontem, no Pacaembu. Foi a 15.ª derrota do Alviverde na competição. O time estacionou na penúltima colocação, com míseros 20 pontos em 75 disputados - mesma pontuação do lanterna Atlético-GO. O Palestra leva vantagem no critério de desempate com uma vitória (5 a 4) a mais que o time de Goiás. O Palmeiras está a 8 pontos do Flamengo, primeiro time fora da zona da degola.

O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2012 | 03h04

Na próxima rodada, visita o Figueirense, 18.º colocado, com 22 pontos. Trata-se de um confronto direto contra o rebaixamento. O time paulista tem de vencer a todo custo para não ampliar seu drama a 13 rodadas do encerramento do Brasileirão.

Na parte de cima da tabela, o líder Fluminense foi surpreendido em casa pelo Atlético-GO com a derrota por 2 a 1. Apesar do tropeço, o time carioca sustentou a primeira colocação com 53 pontos, dois a mais que o vice Atlético-MG, que perdeu para o Náutico por 1 a 0. O Galo tem 51 pontos e um jogo a menos que o Flu - enfrenta o Flamengo, dia 26, no Engenhão, em partida adiada da 14.ª rodada.

As derrotas de Fluminense e Atlético-MG foram boas para o Grêmio, terceiro colocado com 48 pontos. O time gaúcho saiu na frente diante do Flamengo ontem, com um gol de Marcelo Moreno, e cedeu o empate no belo gol de Adryan cobrando falta.

Esperança. Entre os paulistas, a 25.ª rodada foi boa para São Paulo e Santos. O Tricolor venceu a Portuguesa por 3 a 1, no sábado, chegou aos 39 pontos e continua na briga por uma vaga no G-4. Está a quatro pontos do Vasco, quarto colocado, que ontem apenas empatou (1 a 1) com o Cruzeiro.

O Santos subiu para a 10.ª posição ao derrotar o Coritiba por 2 a 1 no Paraná com dois gols de Neymar, um deles espetacular, com a grife do craque. A dez pontos do Vasco, o Santos ainda sonha com uma vaga no G-4. Se depender de Neymar, pode sonhar alto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.