Osvaldo F./Contrapé
Osvaldo F./Contrapé

Duda estreia na temporada indoor de atletismo com boas perspectivas

'Minha expectativa é de saltar próximo dos 8 metros', projeta o atleta do salto em distância

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2014 | 17h13

SÃO PAULO - Cinco dos principais nomes do atletismo brasileiro vão competir neste fim de semana em importantes torneios indoor da Europa. Enquanto Duda, Fabiana Murer e Thiago Braz já estão garantidos no Mundial de Sopot (Polônia), no mês que vem, Fábio Gomes da Silva vai atrás do índice para a competição. Já Keila Costa está assegurada no salto triplo e quer vaga para competir no Mundial também no em distância.

Fabiana Murer, Thiago Braz e Fábio Gomes da Silva competem em Donetsk (Ucrânia), numa competição exclusivamente para o salto com vara. Enquanto os dois primeiros já tem índice, Fábio, que sofreu uma lesão no tendão de Aquiles e perdeu todo o segundo semestre de 2013, tenta saltar 5,75m para conseguir o índice para Sopot.

Aí seriam três brasileiros para duas vagas, uma vez que Augusto Dutra também já tem o índice. Mas ele está machucado e não vai competir na Ucrânia, apesar de já estar na Europa.

"O exame de ressonância magnética mostrou lesão parcial do ligamento deltóide do tornozelo, além de uma contusão da fíbula. "O Augusto está sob tratamento intensivo desde o momento da lesão e apresenta sinais importantes de recuperação com melhora da dor, desaparecimento do inchaço e melhora da função do tornozelo. Estamos trabalhando para sua recuperação até o Mundial Indoor", explica Cristiano Laurino, ortopedista do Clube BM&F BOVESPA e da seleção brasileira de atletismo.

Já Mauro Vinícius da Silva, o Duda, e Keila Costa, ambos no salto em distância, competem no British Athletics Grand Prix, em Birmingham (Inglaterra). O campeão mundial indoor de 2012 já está há alguns dias na Europa, treinando em Lisboa, e quer começar bem a temporada.

"Acho que tive uma evolução significativa nos últimos dias. Vai ser minha primeira disputa indoor em dois anos e também a primeira em 2014, mas minha expectativa é de saltar próximo dos 8 metros", diz ele.

Já garantida em Sopot no salto triplo, Keila Costa vai tentar, em Birmingham, alcançar o índice também no salto em distância - a marca mínima exigida é de 6,70 m. Keila garante que a forma física está excelente. "Estou mais rápida, mais leve, mais magra, bem preparada. A expectativa é muito boa."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.