Agência Luz/BM&F Bovespa/Divulgação
Agência Luz/BM&F Bovespa/Divulgação

Duda fica a 2cm do índice no salto em distância para o Mundial de Moscou

'O meu tempo de treino ainda não é suficiente para eu saltar muito longe agora', afirma

AE, Agência Estado

27 de março de 2013 | 18h17

SÃO PAULO - Logo na primeira competição da qual participou na temporada, Mauro Vinícius da Silva, o Duda, já ficou muito perto do incide para o Mundial de Moscou no salto em distância. O atleta do BM&FBOVESPA venceu nesta quarta-feira um festival da Federação Paulista de Atletismo, no Ibirapuera, em São Paulo.

Duda saltou 8,08 metros, ficando a apenas dois centímetros do índice exigido para disputar o Mundial. Mas ainda que ele tivesse saltado dois centímetros mais longe, não valeria como índice, porque o vento a favor estava acima do permitido. Outro que se aproximou da marca foi Rogério da Silva Bispo (Orcampi/Unimed), com 7,92 metros.

"O meu tempo de treino ainda não é suficiente para eu saltar muito longe agora. Foi a minha primeira competição da série de torneios preparatórios para, primeiro, buscar o índice e, depois, competir em Moscou", disse Duda.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoDudasalto em distância

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.