Duelo entre ataque contra defesa marca o Super Bowl XLI

O domingo reserva à ensolarada cidade de Miami um duelo entre ataque contra defesa, a técnica de um craque contra o trabalho de equipe. Às 21h (de Brasília) acontece o Super Bowl XLI - decisão do campeonato de futebol americano e maior evento esportivo dos Estados Unidos - entre Indianapolis Colts e Chicago Bears.As duas equipes não poderiam ter perfis mais distintos. Enquanto os campeões da conferência Americana (AFC) se destacam pela qualidade do ataque e genialidade de seu quarterback Paeyton Manning, os da Conferência Nacional (NFC) são reconhecidos pela excelência de suas defesas, mas um quarterback não tão confiável, Rex Grossman.Porém, ambos os times estão há décadas sem conquistar o título: o Indianapolis Colts não vence desde 1971, quando a franquia nem era sediada na capital de indiana, e sim em Baltimore. Já o time da ?cidade dos ventos? foi campeão em 1986. Peyton Manning é a atual grande estrela da Liga de Futebol Americano (NFL). O quarterback do Colts, que até a pouco tinha fama de ?amarelão?, é um dos ?queridinho da América?. Carismático e dono de marcas impressionantes. Nesta temporada, ele tem 65% de seus passes completados (362), fez 31 passes para touchdown e somente dois fumbles - Manning pode roubar o show.Neste ano, ele conduziu o Colts ao Super Bowl na maior virada da história dos playoffs em uma final de conferência, contra o fortíssimo New England Patriots (bicampeão em 2004 e 2005), após seu time estar perdendo por 21-3 já no terceiro quarto. "Estou pronto para fazer minha parte", avisou ManningJá Rex Grossman, do Bears, é um jogador que alterna momentos de grande eficiência, com jogadas medíocres e até perigosas. Nesta temporada ele já proporcionou oito fumbles e não deu uma corrida sequer para touchdown. Manning tem quatro.Mesmo errático, Grossman conta com o apoio de seu técnico, Lovie Smith. Durante a temporada regular seu quarterback foi interceptado 20 vezes e as criticas sobre ele eram muitas, mas Smith deu seu voto de confiança e o manteve como titular. "Rex é um líder. Confio muito em seu trabalho. Me agrada a maneira como resolve os problemas no campo .", afirmou o treinador.Contudo o ponto forte do Chicago Bears não está em seu quarterback, mas em sua sólida defesa. Ponto fraco do Colts. O Bears chegou com uma campanha de 13 vitórias e 3 derrotas na temporada regular e tem uma arma secreta: o novato Devin Hester.Cornerback e return, Hester já entrou para os recordes da NFL em seu primeiro ano como profissional ao fazer 6 touchdowns de retorno na temporada. Aquele em que o adversário faz o punt e ele recebe e corre quase toda a extensão do campo para marcar o touchdown. E Hester é um preocupação real para o Indianápolis. "Devin é uma arma nuclear", disse Tony Dungy, técnico principal do Colts. "Ele pode marcar de qualquer lugar do campo, a qualquer momento", concluiu. O Super Bowl XLI será no Dolphin Stadium, em Miami, e terá transmissão ao vivo para o Brasil pela ESPN International e Band Sports.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.