Carmen Jaspersen/AFP
Carmen Jaspersen/AFP

Dueñas critica defesa 'fraca' do Brasil após vitória no Mundial de Handebol

Técnico da seleção feminina vê equipe com problemas de concentração no início das partidas

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2017 | 16h34

Embora a seleção brasileira feminina de handebol tenha vencido a Tunísia no Mundial da Alemanha neste domingo, em Oldenburg, por 23 a 22, o técnico espanhol Jorge Dueñas reconheceu que a equipe não teve uma boa atuação. E sua principal crítica ficou para a defesa brasileira, que também havia decepcionado na estreia do último sábado no frustrante empate com o Japão.

+ Brasil sofre, mas bate a Tunísia e vence a 1.ª no Mundial

"A Tunísia jogou muito bem. Começaram com mais concentração e melhores que nós. Nossa defesa foi muito fraca no início. No segundo tempo, a Tunísia conseguiu uma vantagem de cinco gols, mas nossa defesa melhorou e conseguimos atingir o placar, porém sofremos bastante", lamentou o treinador.

Um dos principais destaques da equipe neste domingo, a goleira Babi reforçou a análise de Jorge Dueñas. "Temos que ter mais concentração no começo do jogo e já ter o foco no próximo jogo", ponderou, antes de destacar aspectos favoráveis do triunfo.

"Temos que olhar pelo lado positivo. Somamos dois pontos. Não estamos satisfeitas com a nossa performance, mas tivemos a força de toda a equipe e brigamos pelos dois pontos", completou Babi.

Pela terceira rodada do Mundial, nesta terça-feira, a seleção brasileira encara a Rússia. Depois joga contra a Dinamarca, na quarta, e encerra a primeira fase na sexta contra Montenegro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.