Reprodução/Dueto Misto Brasil Instagram
Reprodução/Dueto Misto Brasil Instagram

Dueto misto se classifica para disputar medalha no Mundial de Esportes Aquáticos

Renan Alcântara e Giovanna Stephan ficam em 7º lugar com 78,1404 e vão à final que ocorre nesta segunda-feira

Redação, Estadão Conteúdo

13 de julho de 2019 | 09h42

O dueto misto do Brasil, com Renan Alcântara e Giovanna Stephan, ficou em sétimo lugar, nesta madrugada de sábado, no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo disputado em Gwangju, na Coreia do Sul. Com 78,1404, o time se classificou para disputar a final do nado sincronizado, às 5h (horário de Brasília) na segunda-feira. Com este resultado, a dupla repete o resultado conquistado no último Mundial.

Os russos Aleksandr Maltsev e Mayya Gurbanberdieva foram os melhores, com 91,5578, seguidos dos italianos Giorgio Minisisni e Manilla Flamini (90,3829). Os japoneses ficaram em terceiro, seguidos pelos norte-americanos.

Na Maratona Aquática, prova de 5 quilômetros, o brasileiro Fernando Ponte ficou com o 25º lugar, com o tempo de 53min43s6, enquanto Diogo Villarinho fechou em 36º (53min55s4). A medalha de ouro foi para o húngaro Kristóf Rasovszky, que completou a prova em 53min22s1.

No trampolim de 3 metros sincronizado, os brasileiros Luis Felipe Moura e Kawan Ferreira não conseguiram uma vaga na final. Eles terminaram em 21º entre as 25 duplas que estiveram nas eliminatórias, com 297,15 pontos. Apenas as 12 melhores duplas foram para a disputa das medalhas.

Na plataforma sincronizada, Ingrid Oliveira e Isaac Filho terminaram na oitava e última colocação, com 239,46 pontos. Os chineses Lian Junjie e Si Yajie ficaram com a medalha de ouro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.