Dunga diz que pressão é grande

O técnico Dunga acredita que a seleção brasileira tem todas as condições para conquistar o ouro olímpico. Porém, na sua opinião, como campeão mundial em 1994, será uma tarefa muito mais difícil do que ganhar uma Copa do Mundo. Não faltam motivos para o treinador pensar assim. Afinal, apesar de ter conseguido conquistar cinco títulos mundiais (1958, 62, 70, 94 e 2002), o Brasil nunca venceu uma Olimpíada."Ganhar uma medalha olímpica é um pouco mais difícil porque não temos muito tempo para nos preparar", afirmou. "No caso de uma Copa do Mundo, temos quatro anos para a preparação. Para os Jogos, teremos somente 15 dias e os jogadores ainda estão voltando de suas férias ou vindo de outras competições." Como se não bastasse, Dunga ainda carrega o peso de ter de vencer o torneio olímpico de futebol para se manter no comando da seleção. "Há muita pressão para ganhar", reconhece. "Mas a maioria destes jogadores que estão aqui, ainda que sejam jovens, já estão jogando em grandes equipes da Europa e do Brasil. Assim, acho que podem se sair muito bem na Olimpíada."Um dos jovens e experimentados titulares do time é o meia Anderson. Neste ano, conquistou o título do Campeonato Inglês e o da Liga dos Campeões com o Manchester United. Espera vencer o Campeonato Mundial no Japão, em dezembro, e o torneio olímpico para coroar 2008. "Jogar com o meu país é muito importante", ressaltou. "Todo jogador quer ganhar na Europa, mas não posso negar que é mais importante ganhar a única medalha que o Brasil nunca ganhou." Alexandre Pato valorizou a convocação de Ronaldinho Gaúcho, único jogador da seleção com mais de 23 anos. "Ele pode ajudar e dar tranqüilidade aos mais novos", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.