Dunga sai mesmo que conquiste o título mundial

Ricardo Teixeira, presidente da CBF, não se arrependeu da opção que fez por Dunga para dirigir a seleção brasileira após o fiasco do Brasil em 2006. Só não imaginava que teria tanta dor de cabeça com o treinador nessa Copa de 2010. E até por isso, Dunga deixará o comando da seleção assim que acabar a participação do Brasil na África do Sul. A decisão de tirar Dunga, mesmo que seja campeão, ainda não é oficial. O projeto de Dunga era mesmo afastar-se temporariamente do futebol após o Mundial. Ele já revelou a amigos mais próximos que vai parar por seis meses para cuidar de assuntos particulares e deve voltar ao futebol em 2011, de preferência em um clube na Alemanha ou na Itália. /

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.