Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Durban perde o direito de sediar os Jogos da Commonwealth em 2022

A cidade de Durban, na África do Sul, perdeu o direito de sediar a edição de 2022 dos Jogos da Commonwealth após o governo do país não apresentar as garantias financeiras necessárias. Agora, a Federação dos Jogos da Commonwealth precisará encontrar uma nova cidade para receber o evento.

Estadao Conteudo

13 de março de 2017 | 13h46


Gideon Sam, o presidente do Comitê Olímpico da África do Sul e vice-presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth, explicou que o orçamento proposto por Duran foi rejeitado pela entidade responsável pelo evento, que decidiu buscar uma nova sede.

A situação causa um grande embaraço para a África do Sul, pois o sucesso inicial da candidatura de Durban havia a tornado a primeira cidade africana a receber o direito de organizar um evento poliesportivo internacional. A África do Sul também era visto como uma possível futuro anfitriã de uma edição dos Jogos Olímpicos, mas Sam declarou que isso "definitivamente não está na mesa".


A cidade inglesa de Liverpool surge como favorita a substituir Liverpool como sede dos Jogos da Commonwealth em 2022 após expressar o seu interesse em substituir Durban. A próxima edição do evento, em 2018, será realizada em Gold Coast, na Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.