Dúvida sobre forma física de Usain Bolt causa expectativa em Londres

Velocista precisou de alongamento para tratar uma rigidez no tendão ocorrida no início do mês

Reuters,

23 de julho de 2012 | 10h28

Os organizadores podem acham que o segredo mais bem guardado da Olimpíada de 2012 é quem acenderá a pira olímpica, mas muito mais interessante para o público em geral é o estado do tendão direito de Usain Bolt.

O jamaicano, triplo medalhista em Pequim, é a atração número um dos Jogos de Londres, e a dúvida sobre sua forma física aumentou o suspense a respeito da já muito ansiada disputa dos 100 metros rasos.

Bolt precisou de alongamento e massagem para tratar uma rigidez no tendão após sua derrota nos 200m para Yohan Blake na seletiva jamaicana no início do mês, e também perdeu para Blake nos 100m dias antes, quando pareceu estar se poupando.

Imediatamente ele se retirou do Monaco Diamond League na sexta-feira passada, onde deveria correr os 200m em sua última prova antes da Olimpíada.

Em seguida Bolt viajou para a Alemanha para ver o renomado médico esportivo alemão Hans-Wilhelm Müller-Wohlfahrt, embora seu agente, Ricky Simms, tenha dito que a viagem estava marcado havia tempos como parte de seu regime normal de 'preabilitação'.

O velocista de 1m95 sofre com lesões no tendão desde o início de sua carreira, um problema ligado à curvatura de sua espinha, e tem que se submeter a um regime severo de alongamento e condicionamento para evitar qualquer reincidência.

'Ele teve um leve enrijecimento no tendão durante a seletiva e por isso não forçou o ritmo tanto quanto poderia', disse Simms recentemente para assegurar o público de que seu atleta estará em boa forma em Londres.

'Ele só estava se protegendo. O principal na seletiva era garantir a convocação para a seleção olímpica'.

'Seu técnico decidiu que ele precisa de um pouco de massagem e tratamento e repouso para o tendão, e depois treinar forte na semana que vem para estar pronto para a Olimpíada'.

Bolt, como o resto da arrebatadora equipe atlética jamaicana, está treinando a portas fechadas em Birmingham, cerca de 160km ao norte de Londres, antes do início das competições de atletismo, que começam no dia 3 de agosto.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.