E ninguém quer mais saber da Sul-Americana

Na quarta-feira, derrota, briga, bronca na arbitragem. Ontem, pouco caso para a Copa Sul-Americana. Após o 1 a 0 para o Argentinos Juniors, o Palmeiras chegou a conclusão: a competição não serve para nada. "O jogo de volta é entre os jogos com o Santos e o Grêmio, vai nos prejudicar", disse Leandro. No duelo do dia 5, o Palmeiras deve levar só 14 jogadores para Buenos Aires. "Se tivermos que levar 12 ou 13, vamos levar. Vou tratar a competição do jeito que ela nos trata", diz Luxemburgo. O desprezo é tão grande que nem reclamação contra José Buitrago - não deu gol legal e mandou voltar o pênalti - será enviada à Conmebol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.