''É o melhor time que já enfrentei'', diz Ferguson

No jargão do futebol, pode-se dizer que o Manchester United seguiu o exemplo de tantas outras equipes que enfrentaram o Barcelona e "não viu a cor da bola". O domínio catalão foi tamanho que não deu outra opção ao adversário que não fosse admitir a superioridade de Messi e companhia.

, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2011 | 00h00

"O Barcelona é o melhor time que já enfrentei. No final tive a certeza de que fomos batidos por uma equipe melhor. Não existe vergonha em perder para o Barcelona", afirmou o técnico inglês, Alex Ferguson. "Eles nos impressionaram com seu toque de bola. Nunca conseguimos controlar Messi."

O argentino, premiado pela Fifa como o melhor jogador do mundo e eleito o "Homem do Jogo" na final de ontem, mais uma vez saiu de campo sem falar. Mas aos gritos de "Barça, Barça!" fez a festa ao lado dos torcedores.

E por falar em comemoração, os brasileiros deram um show à parte. O trio formado por Daniel Alves, Adriano e Thiago Alcântara se reuniu no gramado para fazer uma roda de dança. Daniel aproveitou também para se enrolar em uma bandeira brasileira no momento de receber a medalha e erguer a cobiçada taça. "E me sinto orgulhoso por representar o futebol brasileiro aqui."

Despedida. Enquanto os espanhóis festejavam, o goleiro Van der Sar, do Manchester, era cumprimentado. A final de ontem marcou sua despedida do futebol. "Perdemos, mas estou orgulhoso de minha carreira", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.