Éder Luís chega e fala em ir à Olimpíada

Aloísio e Dagoberto machucados. Adriano e Borges alternando bons e maus momentos. E Éder Luís com fome de bola. O novo atacante são-paulino, ex-Atlético-MG, foi apresentado ontem e viaja hoje com o elenco para Medellín. Ansioso e confiante, espera atuar amanhã contra o Atlético Nacional, na estréia do time na Taça Libertadores. "Estou à disposição do treinador", avisou.Éder Luís foi procurado por outros times, incluindo o rival Palmeiras. Mas o sonho do atacante era mesmo jogar com a camisa tricolor. "Estava querendo vir para o São Paulo, disputar a Libertadores. É a oportunidade da minha vida."Além de disputar uma vaga no ataque são-paulino, Éder Luís, de 22 anos, quer mostrar ao técnico Dunga que tem condições de participar da seleção olímpica brasileira. Para isso, nada melhor do que ter boas atuações pelo time paulista.O atacante, bastante elogiado por Muricy Ramalho, só não gostou da demora na sua contratação. "Estava me desgastando um pouco, não sabia onde iria jogar", contou. E lamentou também o fato de não poder jogar o Estadual - com o prazo encerrado, ele só foi inscrito na Libertadores. "Fiquei chateado por não poder jogar o Paulista."Amanhã, contra o Atlético Nacional, Éder Luis provavelmente começará no banco de reservas. Muricy Ramalho não deve mexer na equipe que empatou com o Noroeste por 2 a 2 anteontem, com Adriano e Borges no setor ofensivo.Por atuar mais como segundo atacante, o reforço tricolor acredita que possa fazer dupla com Adriano, distribuindo a bola para o Imperador marcar os gols. O atleta acertou com o São Paulo até o fim do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.