Edinanci garante 2o ouro do judô e é bicampeã pan-americana

Ajoelhada no centro do tatamecom a cubana Yurisel Laborde estatelada na sua frente, EdinanciSilva foi para a galera nesta sexta-feira. Abriu os braços,como um Jesus Cristo do judô brasileiro, e olhou para osfotógrafos antes de se levantar como bicampeã pan-americana. O público respondeu à homenagem gritando "Edi-nanci" paracomemorar o ouro conquistado na categoria até 78 quilos dosJogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro por ippon faltando 14segundos para o final da luta. Depois, as duas adversárias se abraçaram por váriosminutos, a cubana com lágrimas nos olhos e a brasileirasussurrando em seu ouvido palavras que pareciam ser deincentivo. Edinanci conquistou a medalha de ouro no Pan de SantoDomingo, em 2003, e a de bronze no Pan de Winnipeg, em 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.