Edinanci pode operar o joelho

Além de deixar escapar a chance de lutar pela medalha de bronze olímpica ao ser eliminada, na segunda repescagem, pela italiana Lucia Morico, a judoca brasileira Edinanci Silva enfrenta, agora, um problema fora do tatame. Ela pode ter sofrido rompimento do ligamento do joelho direito durante o combate com Morico, o que será confirmado ou não nesta sexta-feira por um exame de ressonância magnética a que se submeterá. De acordo com o Departamento Médico da delegação olímpica brasileira , Edinanci sofreu mesmo uma lesão ligamentar, mas será preciso confirmar a extensão do problema por meio de um exame mais apurado. A judoca está fazendo aplicação de gelo no local e tomando anti-inflamatórios. Quanto à derrota de Edinanci para a judoca italiana, o técnico da equipe feminina do Brasil, Floriano Paulo de Almeida, afirmou que ganhar uma medalha olímpica é uma missão difícil. Mas, na sua avaliação, Edinanci deveria ter mudado de tática no andamento da luta. ?Ela preferiu esperar o ataque da adversária, para partir para a imobilização. Essa estratégia, contudo, não se mostrou efetiva durante o combate. O melhor seria adotar outra tática", comentou.Para o técnico, aínda não dá para avaliar o desempenho dos judocas brasileiros no torneio de judô em Atenas, mas acredita que o Brasil está no caminho certo. Na sua avaliação, Edinanci tem todas as condições de disputar os Jogos de Pequim-2008. "O árbitro foi muito rigoroso na punição que determinou a derrota da brasileira para a francesa. Quanto a ir a Pequim, só depende dela. Se tiver força de vontade e se preparar para isso, pode tranquilamente estar lá", finalizou Floriano, acrescentando que a idade - tem 29 anos - não será obstáculo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.