Edwin Moses volta às pistas aos 48 anos

Sem grandes pretensões, apenas para satisfação pessoal, o norte-americano Edwin Moses, um dos maiores nomes do atletismo mundial, anunciou neste domingo, dia em que completa 48 anos, a sua volta às pistas. Fora de ação desde 1988, ele revelou que não espera disputar medalhas, mas que pode fazer um tempo capaz de colocá-lo no pré-olímpico dos EUA nos 400 metros com barreiras.Nos 400 metros com barreiras, Edwin Moses conquistou duas medalhas de ouro, em Montreal/76 e Los Angeles/84, e tem dois títulos mundiais, em Helsinque/83 e Roma/87. Foi dono do recorde mundial da prova por muito tempo e sua marca (47s02) ainda é a segunda melhor da história, só atrás dos 46s78 do também norte-americano Kevin Young na Olimpíada de Barcelona, em 1992. Além disso tudo, venceu 122 corridas seguidas.Moses deixou claro que não pensa em duelar com os principais nomes da atualidade nos 400m com barreiras, como o dominicano Félix Sanchez, que conquistou o bicampeonato mundial em Paris. ?Não tenho a intenção de correr contra Sanchez e nem os outros jovens. Vou me preparar fisicamente e mentalmente com o objetivo de fazer um tempo perto dos 50 segundos, que me permita disputar num bom nível?, avisou o veterano atleta.Com apenas um quilo a mais ao que tinha na época que competia, Moses garantiu que não está voltando para superar problemas financeiros e que nem sonha com a possibilidade de disputar a Olimpíada de 2004. ?Meu objetivo é alcançar o tempo mínimo para o pré-olímpico. Atenas é algo que nem passa pela minha cabeça. Correr em 48 ou 49 segundos é muito difícil em minha idade. Os 50 segundos me parecem um objetivo mais razoável?, disse o norte-americano, que revelou estar fazendo atualmente os 400m com barreiras em 53 segundos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.