Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Egídio aponta união do elenco e força da torcida como trunfos do Cruzeiro

Time celeste tem o clássico com o América, domingo, no Mineirão

Estadão Conteúdo

30 Janeiro 2018 | 15h56

A união do elenco e o apoio da torcida explicam o bom começo de temporada do Cruzeiro. Essa foi a avaliação do lateral-esquerdo Egídio nesta terça-feira, em entrevista coletiva, destacando a força e bom entendimento do grupo às vésperas do duelo com o América, domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro.

+ Confira a classificação do Campeonato Mineiro

"Vai completar um mês no clássico e parece que estamos há uns dois meses juntos. Estamos muito unidos, e ficamos felizes com esses quatro jogos. Estamos seguindo em uma crescente, jogo após jogo, e agora o clássico com uma semana cheia para trabalhar, que será muito importante pra gente. Vamos no dedicar nesse período para fazer um grande clássico no domingo", afirmou.

O duelo com o América vem despertando grande interesse da torcida cruzeirense, que garantiu na segunda-feira mais de 20 mil ingressos para o duelo. E Egídio apontou esse apoio como fundamental para o sucesso do time. "A gente olha para o estádio e vê aquele mar azul, e ali conseguimos mais força, mais confiança para chegar em busca dos resultados", disse.

O confronto com o América será um duelo de líderes, pois ambos ocupam as primeiras posições do Mineiro com dez pontos, sendo que o Cruzeiro está em vantagem no saldo de gols - 7 a 4. Por isso, Egídio celebrou a semana cheia para treinos visando o clássico.

"Sabemos que temos a semana toda com o professor Mano e a comissão técnica para trabalhar. Nós estamos no começo da temporada, com uma sequência de quatro jogos, então é importante ter essa semana aberta para se recondicionar e melhorar ainda mais o vigor físico e aprimorar cada vez mais nos treinamentos", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.