David Davies/AP
David Davies/AP

El Guerrouj felicita Tefera por quebrar seu recorde dos 1.500 metros após 22 anos

Marroquino conquistou marca em 1997, quando novo recordista ainda nem era nascido

Redação, Estadão Conteúdo

17 de fevereiro de 2019 | 15h26

Após bater no sábado o recorde mundial dos 1.500 metros em pista coberta, o etíope Samuel Tefera foi felicitado neste domingo pelo marroquino Hicham El Guerrouj, antigo dono da marca. Com apenas 19 anos, a revelação do atletismo fez o tempo de 3min31s04 no Grand Prix de Birmingham, na Inglaterra, superando os 3min31s18 obtidos por El Guerrouj em 2 de fevereiro de 1997 em uma competição em Stuttgart, na Alemanha.

"Estou muito orgulhoso e feliz por ter mantido o recorde dos 1.500 metros em pista coberta por 22 anos. Quero parabenizar Samuel Tefera por sua excelente carreira e desejar-lhe boa sorte para o resto de sua carreira", publicou El Guerrouj, em sua conta no Twitter.

O marroquino foi ouro olímpico duplo em Atenas/2004, na Grécia, nas provas dos 1.500 e dos 5.000 metros, e quatro vezes campeão mundial ao ar livre (outdoor) nos 1.500 metros e três em pista coberta (duas nos 1.500 e uma nos 3.000 metros). Ele ainda é o dono do recorde mundial dos 1.500 metros ao ar livre - cravou 3min26s00 em uma competição em 1998.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoHicham El Guerrouj

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.