Elano substitui Neymar na cobrança de pênaltis

Neymar perdeu para Elano a condição de cobrador de pênaltis do Santos. O técnico Adilson Batista anunciou a sua decisão ontem. "Elano tem experiência e é tranquilo. Ele trabalha, treina e vai continuar sendo o batedor", reforçou o treinador, que corre o perigo de criar a primeira crise de relacionamento com a principal estrela do time, que está com a seleção brasileira sub-20 no Peru disputando o Sul-Americano.

Sanches Filho, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2011 | 00h00

Artilheiro da equipe no Campeonato Paulista, ao lado de Maikon Leite, com quatro gols, Elano cobrou e converteu os dois últimos pênaltis (contra Grêmio Prudente e São Caetano).

Com relação ao time que empatou por 3 a 3 com o São Caetano, na quarta-feira, Adilson admite escalar um terceiro zagueiro (Bruno Aguiar), tirando um volante, para o clássico diante do São Paulo, domingo, às 17 horas, na Arena Barueri. Ele está preocupado com as seguidas falhas da defesa, principalmente nos cruzamentos. O lateral direito Jonathan, contundido, deve ficar fora. Elano sofreu trauma no pé direito ao chutar o chão, mas deve ser liberado para jogar.

Narciso. Após queda nas quartas de final na Copa São Paulo de Juniores, o técnico Narciso, do sub-20, foi demitido ontem. Claudinei dos Santos Oliveira, do sub-17, assume a função.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.