Guilermo Granja/Reuters
Guilermo Granja/Reuters

Eleita a melhor de torneio, Marta mira título olímpico

Craque comemora conquista do Campeonato Sul-Americano e já sonha com Jogos em Londres

AE, Agência Estado

22 de novembro de 2010 | 11h02

Eleita quatro vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa, Marta recebeu novas honrarias no último domingo em mais um capítulo da sua vitoriosa carreira no futebol feminino. Depois de marcar dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Chile, em Quito, no Equador, ela ajudou o Brasil a fechar o Campeonato Sul-Americano de forma invicta e acabou sendo eleita a melhor jogadora da competição que assegurou ao País uma vaga nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Além de ser eleita a melhor jogadora do torneio, Marta ainda terminou o Sul-Americano como artilheira, com nove gols marcados. O fato deixou a atleta otimista na conquista da inédita medalha de ouro olímpica e do Campeonato Mundial, outra competição que o Brasil ainda não ganhou.

"Estou muito contente com esse título, com o nosso desempenho na competição. Sabíamos do desafio de jogar na altitude e graças a Deus conseguimos realizar uma boa apresentação. Além disso, ainda fui presenteada com títulos individuais (artilheira e melhor jogadora), que não esperava. É claro que toda atacante gosta de fazer gol, mas meu maior objetivo era a conquista do coletivo e conseguimos. Os prêmios vieram de maneira natural. Agora mais do que nunca estou perto de conseguir também os títulos olímpico e mundial", disse Marta, em entrevista publicada pelo site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A seleção brasileira já havia assegurado o título sul-americano na última sexta-feira, quando bateu a Colômbia, vice-campeã do torneio realizado em Quito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.