Em 2003, ganhou o 1º brasileiro. E a Tríplice Coroa

A temporada em que o Cruzeiro conquistou seu primeiro título brasileiro foi inesquecível. Em 2003, o esquadrão que tinha, entre seus destaques, o meia Alex, foi o ganhador da Tríplice Coroa: encerrou o ano com o Nacional e já havia levado para casa os troféus do Campeonato Mineiro e da Copa do Brasil, feito que ainda não foi igualado por nenhuma outra equipe do País.

, O Estado de S.Paulo

05 Dezembro 2010 | 00h00

Há sete anos, o Cruzeiro triunfou na estreia do sistema de pontos corridos. Com campanha irretocável, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo chegou aos 100 pontos conquistados - foram 31 vitórias, sete empates e apenas oito derrotadas. Foi o melhor nos dois turnos da competição. Marcou 102 gols e sofreu apenas 45.

O título foi decidido com duas rodadas de antecedência, em um Mineirão lotado - eram mais de 73 mil pagantes naquele 30 de novembro. Com gols de Zinho e Mota, o Cruzeiro derrotou o Paysandu por 2 a 1. Por ironia, o craque Alex estava suspenso e não jogou o duelo que definiu o título.

Nos dois últimos jogos, o time mineiro não quis saber de festejar. Apesar da faixa no peito, foi impiedoso com os rivais. No penúltimo duelo, goleada por 5 a 2 contra o Fluminense. Na rodada final, show na Fonte Nova e outra goleada: 7 a 0 no Bahia, resultado que decretou o rebaixamento do adversário (que só voltou à Série A este ano) e cinco gols de Alex.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.