Em alerta, São Paulo precisa renascer

Após três derrotas consecutivas, time de Ney Franco recebe a Ponte Preta no Morumbi. Se não vencer, situação no campeonato pode ficar comprometida

FERNANDO FARO, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2012 | 03h05

O cenário ideal do São Paulo projetava a equipe entrando em campo contra a Ponte Preta no Morumbi para solidificar sua posição no G-4 e iniciar a luta pela liderança. Três derrotas seguidas depois e a realidade se alterou de forma radical. Vindo de uma péssima exibição contra o Náutico (derrota por 3 a 0), o Tricolor agora precisa da vitória a qualquer custo para não ver sua situação comprometida no campeonato antes mesmo do fim do primeiro turno. Uma nova derrota em casa e a equipe pode ficar a nove pontos do G-4.

O tropeço em Recife ligou o sinal de alerta não só pelo placar dilatado como pelos muitos erros de posicionamento dos atletas e pela falta de capacidade de reação contra uma equipe que tem uma das piores defesas da competição. Pressionado pelo fraco desempenho desde que assumiu o comando, Ney Franco admite que é preciso reagir. "Após um jogo como contra o Náutico, você vê os erros de marcação e posicionamento. Você confronta com as falas de alguns jogadores e vê o que acontece. É preciso de mudança em todos os sentidos, de postura, envolvimento", ponderou.

A equipe deve ter algumas mudanças em relação ao último jogo. Duas são confirmadas: Rhodolfo, suspenso, e Douglas, com uma contratura na coxa esquerda, estão fora. A ausência do lateral pode fazer Ney Franco até mesmo trocar o esquema e passar para o 4-4-2 com Rodrigo Caio na lateral e Paulo Assunção no meio. Edson Silva deve formar dupla de zaga com Rafael Toloi e mandar o contestado João Filipe para o banco.

Mais de um mês longe da equipe por causa da Olimpíada de Londres, Lucas está de volta (leia mais na página E2) e formará dupla de ataque provavelmente ao lado de Ademilson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.