Em alta, Fabiana vence em Mônaco e lidera competição

Brasileira salta 4,80 m em Mônaco e segue em 1º na Liga Diamante; objetivo é chegar a 4,90 m já na próxima disputa

, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2010 | 00h00

MÔNACO

Fabiana Murer deu mais uma mostra de seu excelente momento no salto com vara. Ontem, conquistou a etapa de Mônaco e segue na liderança da Liga Diamante. Com a marca de 4,80 m, a brasileira - que neste ano já havia conquistado o Mundial Indoor, além do ouro nas etapas de Roma e Eugène-, abriu boa vantagem em relação à segunda colocada da competição, a alemã Silke Spiegelburg.

Sem a presença da adversária russa Yelena Isinbayeva (fora das competições para recuperar a forma física), Fabiana dominou a disputa - quando foi para os 4,80 m, não havia mais competidoras. A segunda colocada foi a russa Svetlana Feofanova, que marcou 4,70 m, e a americana Lacy Janson ficou com o bronze, ao saltar4,60 m.

Elogios. Apesar de não conseguir superar seu próprio recorde sul-americano, de 4,85m, Fabiana recebeu elogios do técnico Elson Miranda. "Fizemos tudo o que tínhamos de fazer. Nós estávamos mesmo esperando um bom resultado depois que a Fabiana tivesse a chance de descansar e se recuperar do fuso horário da viagem de ida e volta a Eugene", comentou.

Próximo desafio. Fabiana volta a competir no dia 6 de agosto, em Estocolmo, Suécia, na próxima etapa da Liga Diamante. Graças aos bons desempenhos, a expectativa é de outra vitória. Ainda mais porque as adversárias não terão tempo para descansar, enquanto Fabiana volta para Itália, onde realizará sua preparação. "As atletas daqui vão disputar o Campeonato Europeu (de 27/7 a 1º/8)", observou Miranda.

O técnico aposta que a sua pupila pode bater a marca pessoal de 4,90 m já na disputa seguinte. "Eu gostaria que a Fabiana superasse os 4,90 m ainda neste ano, e acho que ela tem condições para isso. Quem sabe não é em Estocolmo?"

Depois de Estocolmo, Fabiana saltará em Zurique, na Suíça, no dia 19 de agosto. Antes, a brasileira participará do GP de Londres, dia 13. Depois, a saltadora disputa a Copa Continental Split, na Croácia. A última competição da temporada será em setembro, quando ela vai defender o Clube de Atletismo BM&FBovespa no Troféu Brasil.

PRINCIPAIS TÍTULOS

2010

Fabiana conquistou o Grand Prix Indoor de Birmingham, na Inglaterra, em fevereiro. Em março, a saltadora levou o Mundial de Doha. Na Liga Diamante, foi ouro em Roma, Eugene e Mônaco e ficou em 2º em Gateshead.

NA OLIMPÍADA

Depois de ser ouro no Pan-Americano, em 2007, Fabiana chegou à final dos Jogos Olímpicos, em Pequim, onde ficou em 10º.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.