Pascal Lauener/Reuters
Pascal Lauener/Reuters

Em busca de quarto ouro olímpico, Ben Ainslie reclama de favoritismo

Antigo rival de Robert Scheidt na classe Laser, velejador britânico agora compete na Finn

Agência Estado,

24 de julho de 2012 | 14h21

LONDRES - Poucos atletas chegam aos Jogos de Londres tão favoritos quanto o britânico Ben Ainslie. O velejador, antigo rival de Robert Scheidt na classe Laser, agora compete na Finn e, em casa, vai atrás do seu quarto ouro olímpico, do quinto pódio em cindo participações. Nas casas de apostas britânicas, sua vitória é considerada barbada, o que até o incomoda.

 

"É um pouco frustrante para mim, pessoalmente, que as pessoas possam falar 'você é o favorito' para a Olimpíada. O nível do evento é realmente muito mais alto (do que antes), disse Ainslie, nesta terça-feira, 24.

 

O britânico estava sendo modesto. No último Mundial de classe, ele venceu dez das 12 regatas, faturando o hexacampeonato com o melhor desempenho possível, uma vez que havia dois descartes. E o rival que chegou mais próximo de vencê-lo em Falmouth, na Grã-Bretanha, foi Edward Wright, britânico que não vai aos Jogos.

 

Ainslie se tornou famoso no Brasil pela rivalidade com Scheidt quando os dois estavam na classe Star. O brasileiro faturou o ouro nos Jogos de Atlanta, impondo a única derrota olímpica da carreira do britânico. Quatro anos depois, Ainslie respondeu com uma postura agressiva na regata da medalha e faturando o ouro em Sydney.

 

Nas duas últimas edições dos Jogos, o britânico já estava na Finn, classe que ele domina completamente, aos 35 anos, apesar de negar. "Existem 10 ou 12 rapazes que no dia deles podem vencer regatas. Então será um grande desafio. Eu competirei sem ilusões", garantiu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.