Lindsey Parnaby / AFP
Lindsey Parnaby / AFP

Em crise, Manchester United demite José Mourinho

Segundo a imprensa inglesa, a saída do português pode custar ao clube 25 milhões de euros (R$ 111 milhões) em multa rescisória

AFP

18 Dezembro 2018 | 08h14

O Manchester United  anunciou nesta terça-feira a demissão do técnico português José Mourinho "com efeito imediato", após uma série de resultados ruins. Segundo a imprensa inglesa, a saída do português pode custar ao clube 25 milhões de euros (R$ 111 milhões) em multa rescisória.

A última partida de Mourinho, 55 anos, no comando do time de Manchester foi a derrota de 3-1 para o Liverpool no domingo, que deixou o Manchester United 19 pontos atrás dos líderes do campeonato inglês. Até o momento foram 26 pontos ganhos em 17 partidas.

"Até o final da temporada será anunciado um novo técnico, enquanto o clube realiza um minucioso processo de contratação de um novo treinador", afirma o comunicado do clube inglês.

A atual temporada representa o pior início do Manchester United no Campeonato Inglês desde 1990. Até mesmo a ambição de terminar a Premier League entre os quatro primeiros colocados e garantir uma vaga na Liga dos Campeões está em risco.

"O Manchester United anuncia que o técnico José Mourinho deixa o clube com efeito imediato. O clube quer agradecer a José por seu trabalho durante seu período no Manchester United e deseja sucesso no futuro", afirma o comunicado. Seu trabalho vinha sendo contestado pelos torcedores. A campanha era ruim e o time não conseguiu se impor diante de rivais. No fim de semana, a derrota por 3 a 1 para o Liverpool aceloerou a demissão do treinador, além da forma com que o clube jogou, tentando segurar o resultado de empate. Mourinho ainda não se pronunciou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.