Em jogo manchado por racismo, Itália empata com Croácia

O atacante Mario Balotelli foi alvo de ofensas racistas ontem, durante o confronto da Itália com a Croácia pela segunda rodada do Grupo C da Eurocopa, que terminou empatada por 1 a 1. De acordo com o jornal inglês "Daily Mail", a cada vez que Balotelli tocava na bola eram ouvidos gritos racistas vindos dos torcedores croatas e sons imitando macacos.

O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2012 | 03h05

Já a Itália teve tudo para já encaminhar sua classificação às quartas de final , mas bobeou e acabou empatando por 1 a 1 com Croácia. Pirlo abriu o placar para os italianos com um golaço de falta, mas Mandzukic igualou o placar na etapa final.

Com o empate, a Itália fica com dois pontos ganhos e chega à última rodada precisando de uma vitória sobre a Irlanda para avançar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.