Em Las Vegas, luta vale mais que um cinturão

Duelo no MGM Hotel entre o mexicano Erik Morales e o argentino Marcos Maidana promete ser sensacional

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2011 | 00h00

Nenhum título mundial estará em jogo, mas o duelo entre o mexicano Erick Morales e o argentino Marcos Maidana está sendo aguardado pela imprensa especializada como um das candidatas ao duelo do ano. O estilo agressivo dos pugilistas é garantia de um combate violento e que dificilmente será decidido na pontuação dos jurados. "Preciso do nocaute para manter meu sonho", disse Morales, de 34 anos, ex-campeão mundial dos supergalos, penas e superpenas, que sonha com mais um cinturão. Caso obtenha o 4.º título, irá se transformar no primeiro mexicano tetracampeão.

Morales soma 51 vitórias (35 nocautes) e seis derrotas. Já derrotou e foi vencido por grandes adversários como Manny Pacquiao e Marco Antonio Barrera. Um triunfo hoje pode garantir a Morales a possibilidade de desafiar o compatriota Juan Manuel Marquez pelo título dos leves.

Maidana faz parte da grande escola de boxe da Argentina. Pegador, acumula 29 vitórias, das quais 27 foram por nocaute. Aos 27 anos, perdeu duas vezes, mas continua com a língua afiada. "Vou aposentar Morales. O povo argentino vai ter orgulho de mim após a luta. Vencerei. E por nocaute."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.